25/11/2020

Black Friday: 6 dicas para fazer uma boa compra

Compartilhe:

A Black Friday é uma das principais datas do comércio mundial. No Brasil, a fama se consolidou há alguns anos, e muitos consumidores esperam a última sexta-feira do mês de novembro para adquirirem determinado produto desejado. Neste ano, com a pandemia, as vendas virtuais se destacaram e a tendência é de que a Black Friday 2020 aumente as vendas principalmente no comércio eletrônico. No entanto, é importante prestar atenção a alguns fatores na hora da compra. Confira 6 dicas da Coprel Telecom: 


1. Planeje o que pretende comprar e os valores que pode gastar: organizar uma lista de prioridades com os itens que você pretende adquirir, bem como o valor que poderá investir nas compras, é uma ótima forma de economizar e priorizar o que realmente é importante para você. 

2. Desconfie de preços muito baixos: obviamente, o que qualquer consumidor busca na Black Friday são preços baixos. No entanto, muitos criminosos virtuais se aproveitam disso para criar sites falsos, comercializando produtos com descontos que geralmente passam de 50% do valor (já promocional) encontrado em outras lojas virtuais. Por isso, certifique-se de que o site não seja uma “cópia” de um site conhecido e confiável (é o que mais acontece) observando se, no canto esquerdo da tela ao lado do endereço, encontra-se um cadeado fechado com informações sobre a segurança do site. 

3. Atenção para o parcelamento e taxas de entrega: Muitas vezes, a prestação de um produto diluída em 10 vezes parece ser muito convidativa, no entanto, confira no parcelamento se você não está pagando juros. Na hora de finalizar o carrinho de compras em um site, preste atenção nos custos de frete (quando houver), pois neste ano com a pandemia os valores de entrega tiveram aumento expressivo e podem pesar em seu orçamento.

4. Pesquise desde já o preço dos produtos que deseja comprar: Desta forma, é muito mais fácil você encontrar descontos “reais”, ao saber qual é o preço do produto desejado antes da promoção. Quem nunca comprou um produto em promoção do tipo “de R$ 50,00 por apenas R$ 40,00” e na semana seguinte encontrou o mesmo produto sendo vendido a R$ 30,00, só para citar um simples exemplo?

5. Organização na hora da compra: Guarde todos os seus comprovantes, em qualquer compra online: número do pedido, valor, prazo de entrega, código de rastreamento do objeto... Mantenha também o acesso ao e-mail utilizado para finalizar a compra, geralmente é por meio dele que você recebe as informações sobre sua encomenda e acessa a sua conta para reclamar caso algo não tenha ocorrido conforme o prometido pelo comprador. 

6. Valorize o comércio local: a Black Friday iniciou com as lojas digitais, mas rapidamente a moda se espalhou também para o comércio físico. Neste ano, com a pandemia, muitos comerciantes perto de você, do seu trabalho ou da sua rua tiveram grande queda nas vendas. Portanto, utilize todos os recursos da internet para pesquisar preços, fazer comparações, mas não deixe de tentar negociar com o comércio da sua comunidade. Muitas vezes, você pode ficar surpreso com bons descontos e condições para atrair e fidelizar os clientes, com a vantagem de sair da loja com a sua compra em mãos. Além disso, existem muitos empreendedores digitais que vendem pela internet, mas que são da sua região. 

Ah! E se contratar a melhor internet está em seus planos, confira a oferta Black Ninja da Coprel Telecom! (https://lp.rlkpro.com/l/SXKE58ABF1110) 
 

Compartilhe:
Receba novidades e promoções exclusivas